sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

A Trindade é uma sociedade? Uma avaliação do trinitarianismo social

Comente Aqui

O trinitarianismo social é um entendimento sobre a doutrina da Trindade que vê as três pessoas como uma comunidade e prioriza-as sobre a única essência. Este trabalho é uma avaliação dessa perspectiva trinitária e pretende demonstrar, ao contrário do trinitarianismo social, que tanto a unidade da essência quanto a diversidade das pessoas são igualmente fundamentais em Deus. No primeiro capítulo, define-se mais precisamente o trinitarianismo social como uma perspectiva que nega ser Deus monoconsciente e afirma-se mais detalhadamente a tese, no sentido de que a personalidade pode ser atribuída tanto à unidade quanto à diversidade divinas, e de que Deus é um ser tanto monoconsciente quanto triconsciente. O segundo capítulo apresenta um breve histórico do trinitarianismo social e seus principais expoentes. Nos terceiro e quarto capítulos, argumentos a favor e contra o trinitarianismo social são apresentados e a tese deste trabalho é desenvolvida, levando à conclusão de que a Trindade não é uma sociedade.

Comentários

Nenhum comentário em "A Trindade é uma sociedade? Uma avaliação do trinitarianismo social"

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo