segunda-feira, 11 de maio de 2015

Desespero

Comente Aqui

Eu estou desesperado!
‘Inda não tinha sentido
Meu coração machucado.
Acho que estou deprimido.

Não se pode imaginar
Tudo que sinto em meu peito!
Essa angústia de matar
Não deixa eu sair do leito.

Minha face está molhada
De muitas e muitas lágrimas,
Minha vista, embaçada.
Ai! Ai! Que sensações trágicas!

Pra onde me dirigir?
Onde está minha esperança?
O meu desejo é partir,
Não mais tenho confiança.

Mas espere! Pare e veja
No fim do túnel a luz!
Sim, acalme-se e perceba;
Há esperança: Jesus!

Ó minh’alma, não se esqueça
Da cruz do seu Redentor!
Mesmo quando não pareça,
Lá levou pecado e dor.

Abandone o desespero,
Confie no Salvador!
Lance nEle todo medo,
Desfrute do Seu amor!

Comentários

Nenhum comentário em "Desespero"

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo