quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Exposição de 1 Coríntios 9.15-23: O cristão deve renunciar a si mesmo em prol do Evangelho

Comente Aqui

Sermão pregado por mim na Congregação Presbiteriana em José de Freitas-PI, no Dia do Senhor de 16/12/2012.

Para baixar este sermão em áudio, clique aqui.

Para ver os demais sermões em 1 Coríntios, clique aqui.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Exegese de Mateus 19.3-12: O motivo para o divórcio

Comente Aqui


Para ouvir um sermão nesse texto, clique aqui.

O tema desta passagem é que o divórcio só pode acontecer por um motivo.

Esse tema pode ser percebido comparando-se esta passagem de Mateus com a passagem paralela de Marcos 10.2-12. Na primeira parte da passagem de Mateus, é dito que os fariseus perguntaram a Jesus se era permitido ao homem se divorciar de sua mulher por “qualquer motivo” (Mt 19.3), mas Marcos omite a expressão “qualquer motivo” (Mc 10.2). Na segunda parte, Mateus acrescenta a exceção no v.9, que se constitui em um motivo para o divórcio (“não sendo por causa de prostituição”), mas Marcos não apresenta essa exceção (Mc 10.11). Finalmente, na terceira parte, Mateus menciona o espanto dos discípulos diante do motivo para o divórcio, quando eles dizem que “se motivo do homem com a mulher é assim, não é proveitoso casar” (Mt 19.10), enquanto Marcos não faz menção dessa afirmação dos discípulos. Isso mostra que a intenção de Mateus é apresentar o único motivo legítimo para o divórcio, enquanto a intenção de Marcos é mostrar apenas a indissolubilidade do casamento.

Exegese de Mateus 19.3-12

Exposição de Gênesis 14: O Deus Altíssimo, dono de tudo, é Quem dá tudo ao Seu povo

Comente Aqui

Sermão pregado por mim na Congregação Presbiteriana em José de Freitas-PI, no Dia do Senhor de 09/12/2012.

Para baixar este sermão em áudio, clique aqui.

Para ler uma exegese nesse texto, clique aqui.

Exegese de Gênesis 14: O Deus Altíssimo, dono de tudo, é Quem dá tudo ao Seu povo

Comente Aqui


Para ouvir um sermão nesse texto, clique aqui.

O capítulo 14 de Gênesis é uma passagem bastante curiosa, uma vez que é o texto onde aparece o misterioso personagem de nome Melquisedeque. Quem é ele? Conhecer a identidade dessa figura desconhecida foi exatamente o que motivou uma exegese nesse texto específico. Como não é possível, porém, separar Melquisedeque da narrativa onde ele se encontra, faz-se necessária uma exegese que envolva todo o capítulo 14 de Gênesis e cujo objetivo seja mais amplo do que apenas conhecer a identidade desse personagem.

O objetivo deste trabalho, portanto, será descobrir a mensagem desse texto para o seu público original e para os cristãos da atualidade. Isso será feito com a seguinte metodologia: primeiro, uma análise introdutória do livro de Gênesis; segundo, uma tradução de Gênesis 14; terceiro, uma análise teológica das palavras mais importantes do capítulo; quarto, uma análise teológica de toda a passagem; quinto, uma apresentação de Cristo no texto; sexto, uma apresentação das aplicações válidas da passagem; e último, um esboço de sermão nesse texto bíblico.

Exegese de Gênesis 14

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Exposição de 1 Coríntios 9.1-14: Quem prega o Evangelho tem direito de viver do Evangelho

Comente Aqui

Sermão pregado por mim na Congregação Presbiteriana em José de Freitas-PI, no Dia do Senhor de 02/12/2012.

Para baixar este sermão em áudio, clique aqui.

Para ver os demais sermões em 1 Coríntios, clique aqui.
 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo