sábado, 14 de janeiro de 2012

Em busca do melhor para o relacionamento familiar

Comente Aqui

“Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento, porque escrito está: Sede santos, porque eu sou santo” (1Pe 1.14-16).

”Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos” (1Pe 2.21).

Esse breve texto tem por objetivo mostrar alguns aspectos importantes sobre como buscar o melhor para o relacionamento familiar. O termo “melhor” dentro do texto não está se referindo a bens materiais, mas, sim, a bens espirituais, e um dos aspectos mais importantes é a busca ardente pela santidade. Devemos ir à procura da santidade de vida, devemos desejá-la desesperadamente.

Como diz o versículo, como filhos obedientes não devemos nos conformar com as paixões de antes. Ou seja, a santificação é o sinal de nossa transformação e de nossa obediência, a evidência de nosso compromisso com Deus. A santificação deve ocorrer de maneira individual, mas quando nos referimos à vida conjugal sabemos que surge outro aspecto: agora temos que nos santificar individualmente em nosso relacionamento particular com Deus e nos santificar com o nosso cônjuge e com os filhos em nossa vida familiar. Muitas vezes as pessoas se esquecem que devem ter uma vida de união familiar em todos os aspectos e que isso também inclui a vida espiritual. É assim que uma família obediente a Deus deve ser. Somos chamados por Deus a viver uma vida santa, uma vida de piedade, uma vida de obediência. Então, em todos os aspectos e áreas de nossas vidas, deve existir o sinal da santidade. Devemos olhar para Cristo como exemplo perfeito. Sabemos que nessa vida nunca vamos chegar à perfeição, mas mesmo assim devemos anelar por essa perfeição, fixando nossos olhos em Jesus.

Deus revela em Sua Palavra a regra de prática para as nossas vidas. Sabendo disso, entramos em um dos aspectos importantes para o relacionamento familiar, que é o estudo da Palavra de Deus. Certamente todos nós estudamos individualmente a Santa Palavra, mas dentro do núcleo familiar isso deve ser feito por toda a família, nas reuniões familiares, de preferência todos os dias. O estudo da Palavra de Deus é a única maneira de sabermos aspectos fundamentais para nossa santificação, e quando estudamos isso em família estamos nos certificando de que todos os membros estão aprendendo os mandamentos divinos, permitindo que a obediência a esses mandamentos seja cobrada, inclusive quando um dos membros falhar. Isso trará à luz os deveres e obrigações de cada componente da família, melhorando assim a convivência entre todos. E quando tratamos de uma família em que só um dos cônjuges é servo de Deus, essa se torna uma forma clara de evangelismo para o cônjuge descrente e para os filhos.

Cristo, nosso perfeito exemplo, deve ser seguido. Devemos seguir Seus passos e só conhecemos esses passos quando nos comprometemos com o estudo da Palavra de Deus. Através desse conhecimento adquirido passamos a viver uma vida de santificação e glorificação a Deus em tudo. Nós, mulheres e servas de Deus, somos conclamadas a viver uma vida digna diante de nosso Deus, e isso refletirá diretamente, de maneira positiva, dentro de nosso relacionamento familiar.

Comentários

Nenhum comentário em "Em busca do melhor para o relacionamento familiar"

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo