sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Breve Catecismo de Westminster: Domingo 35

Comente Aqui


Pergunta 73: Qual é o oitavo mandamento? 

Resposta: O oitavo mandamento é: “Não furtarás”.1 

Referências: 

1 Ex 20.15. 

Pergunta 74: O que o oitavo mandamento exige? 

Resposta: O oitavo mandamento exige que procuremos o lícito adiantamento das riquezas e do estado exterior, tanto o nosso1 como o do nosso próximo.2 

Referências: 

1 “Procura conhecer o estado das tuas ovelhas e cuida dos teus rebanhos” (Pv 27.23); “Mais vale o bom nome do que as muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a prata e o ouro. O rico e o pobre se encontram; a um e a outro faz o SENHOR. O prudente vê o mal e esconde-se; mas os simples passam adiante e sofrem a pena. O galardão da humildade e o temor do SENHOR são riquezas, e honra, e vida” (Pv 22.1-4). 

2 “Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros” (Fp 2.4); “Se encontrares desgarrado o boi do teu inimigo ou o seu jumento, lho reconduzirás. Se vires prostrado debaixo da sua carga o jumento daquele que te aborrece, não o abandonarás, mas ajudá-lo-ás a erguê-lo. Não perverterás o julgamento do teu pobre na sua causa” (Ex 23.4-6). 

Pergunta 75: O que o oitavo mandamento proíbe?

Resposta: O oitavo mandamento proíbe tudo o que impede ou pode impedir, injustamente, o adiantamento da riqueza ou do bem-estar, tanto nosso1 como do nosso próximo.2 

Referências: 

1 “O que lavra a sua terra virá a fartar-se de pão, mas o que se ajunta a vadios se fartará de pobreza” (Pv 28.19); “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente” (1Tm 5.8). 

2 “Atendei, agora, ricos, chorai lamentando, por causa das vossas desventuras, que vos sobrevirão. As vossas riquezas estão corruptas, e as vossas roupagens, comidas de traça; o vosso ouro e a vossa prata foram gastos de ferrugens, e a sua ferrugem há de ser por testemunho contra vós mesmos e há de devorar, como fogo, as vossas carnes. Tesouros acumulastes nos últimos dias. Eis que o salário dos trabalhadores que ceifaram os vossos campos e que por vós foi retido com fraude está clamando; e os clamores dos ceifeiros penetraram até aos ouvidos do Senhor dos Exércitos” (Tg 5.1-4).

Comentários

Nenhum comentário em "Breve Catecismo de Westminster: Domingo 35"

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo