quarta-feira, 14 de julho de 2010

As Bênçãos do Evangelho

Comente Aqui


Este é o capítulo 10 da Confissão de Fé do Voltemos ao Evangelho, escrito por mim, o qual se manifesta contra a perniciosa teologia da prosperidade.

Cremos que a redenção de Cristo alcançou para os eleitos bênçãos para a alma e para o corpo.1 Na cruz, Cristo tomou sobre Si não apenas os nossos pecados, mas também nossas enfermidades e dores, aniquilando pelo sacrifício de Si mesmo o pecado e todas as suas conseqüências.2 Porém, ainda que os crentes já desfrutem no presente de toda sorte de benção espiritual nos lugares celestiais em Cristo Jesus, a posse plena de todos esses benefícios está reservada para a glorificação futura, nos Novos Céus e na Nova Terra, quando serão ressuscitados com Cristo para serem semelhantes a Ele e não mais existirá morte, luto, pranto, dor ou qualquer espécie de sofrimento.3 Assim, neste mundo, os cristãos ainda estão sujeitos aos mais diversos sofrimentos, tanto como disciplina pelos seus pecados quanto como provação de sua fé,4 tais como enfermidades, perseguição, fome, nudez, perigo e espada, sendo entregues à morte o dia todo e considerados como ovelhas para o matadouro.5 Porém, em todas essas coisas eles são mais do que vencedores, por meio Daquele que os amou e que os aperfeiçoa no sofrimento, para serem participantes de Sua santidade.6 Portanto, ainda que Deus possa abençoar alguns cristãos com a cura de alguma enfermidade ou com riquezas materiais, para que auxiliem materialmente o Reino de Deus e os pobres, os salvos não devem esperar por perfeita saúde ou por prosperidade material neste mundo.7 Pelo contrário, devem viver como peregrinos e estrangeiros, com simplicidade e contentamento, não acumulando tesouros sobre a terra, mas aspirando a uma pátria superior, a celestial,8 onde se encontra o verdadeiro tesouro e a maior bênção do Evangelho, da qual desfrutarão por toda a eternidade: o próprio Deus.9

1 Sl 103.1-5; Rm 8.11; 1Co 15.20-26,50-57; 2 Is 53.4-5; Mt 8.16-17; 1Pe 2.24; 3 Ef 1.3; Rm 8.18-23; 1Jo 3.2; Ap 21.1-5; 22.1-5; 4 Fp 1.29; 2Co 12.7-10; Hb 12.4-13; Jó 1.1-22; 2.1-13; 1Pe 4.12; 5 Rm 8.35-36; 2Co 4.7-11; 6.4-10; 11.23-33; Fp 4.11-13; 1Tm 5.23; 2Tm 3.12; 4.20; Hb 11.35-38; 6 Rm 8.37-39; Hb 12.10-13; 1Pe 4.12-19; 7 Mt 9.1-8; At 13.6-8; Gn 13.2; 1Rs 3.13; 2Co 8.1-24; 9.1-15; 1Tm 5.8; 6.17-19; 1Jo 3.17; Mt 19.23-24; Tg 5.1-6; 8 Mt 6.19-21,24; 1Co 7.29-31; Cl 3.1-3; 1Tm 6.6-10; Hb 11.8-10,13-16; 1Pe 2.11; 9 Sl 16.2,5,11; 27.4; 42.1-2; 63.1-3; 73.25-26; 84.1-4; Is 40.9; Mt 5.8; 2Co 4.4,6; Fp 3.8; 1Pe 3.18; Ap 21.3; 22.3-4.

Comentários

Nenhum comentário em "As Bênçãos do Evangelho"

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo