segunda-feira, 28 de julho de 2008

Meditação - Salmo 16:11

3 comentários


Tu me farás ver os caminhos da vida;
na Tua presença há plenitude de alegria,
na Tua destra, delícias perpetuamente. (Salmo 16:11)

Este trecho das Escrituras, que Davi escreveu sob inspiração divina, está em um contexto profético onde o grande assunto é a ressurreição do Senhor Jesus Cristo, o Santo prometido. Vemos tal fato claramente no versículo anterior, onde se diz que "não deixará a minha alma na morte, nem permitirás que o Teu Santo veja corrupção".

Por isso o versículo 11 nos mostra o próprio Jesus falando, por meio da boca do profeta Davi. E, graças a Deus, tudo o que é dito é perfeitamente aplicável a nós, porque Jesus Cristo é o nosso representante, estamos unidos a Ele por um laço indissolúvel de amor e tudo o que se aplica a Ele, o Cabeça, também se aplica a nós, o Seu corpo. (Jo 17:22-24, Ef 1:3,23)

Tendo estabelecido esta verdade, analisemos cada trecho desta declaração profética, à luz da Pessoa e obra do Senhor Jesus e aplicando tais verdades em nossas vidas. Primeiramente, o Messias prediz que "Tu me farás ver os caminhos da vida", e como tal profecia foi cumprida de modo grande e tremendo, na ressurreição gloriosa de Cristo! O Filho do Deus vivo, encarnado e vivendo entre nós suportou a cruz, provou a morte, desceu ao sepulcro, porém a morte não poderia jamais prevalecer sobre o Autor da Vida. Ele ressuscitou triunfante, "rompendo os grilhões da morte; porquanto não era possível que fosse retido por ela" (At 2:24). Ao ressuscitar, Jesus estava demonstrando para todo o universo que a obra do calvário foi aceita pelo Pai, o sacrifício perfeito foi oferecido, aplacando a ira de Deus e assegurando a salvação de milhões de pessoas, de todos os lugares do mundo, de todas as épocas.

E a grande boa nova dessa verdade é que estamos unidos a Ele em sua ressurreição! Assim como Ele ressuscitou dentre os mortos, Paulo nos mostra que "estando nós mortos em nossos delitos, [Deus] nos deu vida juntamente com Cristo - pela graça sois salvos - e, juntamente com Ele, nos ressuscitou (...)" (Ef. 2:5-6). Todos nós, quando estávamos sem Cristo estávamos completamente mortos espiritualmente por causa de nossos pecados, jazíamos nas trevas e não havia qualquer esperança de ajudarmos a nós mesmos, porém Deus fez este milagre: assim como Ele levantou Cristo de entre os mortos, Ele nos levantou de nossa morte para a vida espiritual, e nos fez participantes da vida de Seu Filho. Repare como Paulo frisa a expressão "juntamente com Ele"! Essa obra é maravilhosa e estupenda, porque é totalmente obra da soberana graça de Deus: estávamos mortos, já estávamos fedendo e o túmulo estava lacrado, nada poderíamos fazer, mas Ele fez tudo, o que é impossível aos homens é possível para Deus!

O segundo trecho desta profecia diz que "na Tua presença há plenitude de alegria". Há um texto de Hebreus que lança luz sobre essa afirmação, o qual diz que Jesus, "em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia" (Hb 12:2). Em compensação a todo o sofrimento e martírio que o Salvador experimentou, havia uma alegria indizível e gloriosa reservada para Ele. Esta alegria tem sido desfrutada por Jesus hoje e será por toda a eternidade: o gozo de estar ao lado do Pai, e glorificá-lo na completa restauração do Seu povo! O maior gozo de Jesus é glorificar a Deus mediante a nossa salvação! Sim, os céus entram em festa quando um pecador se arrepende, e como o coração do nosso Amado pula de alegria quando os pecadores são reconciliados com Deus! E naquela grande dia, em que "seremos conformados à imagem de Cristo, a fim de que Ele seja o primogênito dentre muitos irmãos" (Rm 8:30), se cumprirá a palavra que diz: "O Senhor, Teu Deus (...) se deleitará em ti com alegria, renovar-te-á no Seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo." (Sf 3:17).

E, à semelhança da ressurreição de Cristo, também estamos unidos a Ele em sua alegria. Observe a oração Dele em João 17:13: "Mas, agora, vou para junto de Ti, e isto falo no mundo para que eles tenham a minha alegria completa em si mesmos". A alegria de Jesus completa, plena, superabundante, em nós mesmos! Deus deseja a nossa alegria, meus irmãos, Ele está muito interessado em que participemos da alegria de Seu Filho! E como temos motivos para nos alegrar com alegria "inefável e gloriosa"! Cada dádiva do Evangelho desperta um brado de louvor de nosso coração: fomos escolhidos antes da fundação do mundo, chamados para vivermos com Ele, temos sido santificados e sustentados pela Sua mão poderosa todos os dias, temos grandes e preciosas promessas, e mais do que tudo isso, desfrutamos do amor eterno de Deus, amor que nasceu antes da fundação do mundo e permanecerá para sempre! As tribulações, angústias, sofrimentos e decepções da vida não devem abalar nossa alegria no Senhor, porque ainda que o universo desmorone ao redor de nós, "o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: o Senhor conhece os que são seus" (2 Tm 2:19). Que se levantem contra a Igreja todas as hostes espirituais da maldade, todo o inferno e seu poderio, jamais poderão nos derrotar e minar nossa alegria no Salvador, afinal "quem nos separará do amor de Cristo" (Rm 8:35)?

Por fim, o texto diz: "na Tua destra, delícias perpetuamente". Jesus sabe muito bem quais são as delícias da destra de Deus, afinal Ele está assentado à Sua direita, "acima de todo principado, potestade, poder, domínio, e de todo nome que se possa referir, não só neste século, mas também no vindouro" (Ef 1:21). Também é dito que "Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome" (Fl 2:9). As delícias da comunhão eterna com Deus são indescritíveis e jamais poderemos compreender completamente nessa vida, e é isto que Jesus experimenta.

Contudo, há mais uma boa nova para nós, Seu povo. Assim como Jesus está a destra do Pai e vive em constante e perfeita comunhão com Ele, nós também, naquele grandia dia, passaremos a gozar deste privilégio tremendo! Já temos um antegozo hoje: porém, a consumação desta alegria virá na eternidade, quando estaremos para sempre com o Senhor! "Veremos o Seu rosto, e em nossa testa estará escrito o Seu nome" (Ap 22:14). Passaremos toda a eternidade contemplando a beleza de nosso Deus, jamais nos cansaremos de dar-Lhe glória e louvor, e "Aquele que se assenta no trono nos cobrirá com Sua sombra" (Ap 7:15). Delícias, delícias celestiais, oh que venha logo este dia, queremos provar da plenitude das delícias da destra de Deus! O mundo não nos satisfaz, os prazeres do mundo perdem todo brilho quando comparados com o prazer de ver a face do nosso Amor Maior, Tesouro Supremo, o nosso Deus!

Concluindo, meus irmãos amados, todas essas bençãos maravilhosas dizem respeito a nós, por meio de Jesus Cristo. Assim sendo, vivamos de modo digno de nosso chamado, vivamos à luz dessas verdades gloriosas, de que recebemos vida com Cristo, podemos partilhar de Sua alegria, e de que viveremos para sempre com o Senhor!

E quanto a você, querido leitor, que não está em Cristo, que nunca provou dessas bençãos que mencionamos, entenda que todas elas estão disponíveis em Jesus! Abandone os prazeres do pecado, e venha provar das delícias de Deus, pois somente Ele pode satisfazer a sua alma cansada e sobrecarregada! Venha, despojado de toda justiça própria, de todo argumento, de toda restrição, venha e se lance nos braços do Salvador e Ele certamente receberá você e o guiará pelo caminho da vida!

Que a graça e a paz do Senhor seja sobre todos os leitores!

Comentários

3 comentários em "Meditação - Salmo 16:11"

(-V-) disse...
31 de julho de 2008 00:52

Este comentário foi removido pelo autor.
(-V-) disse...
31 de julho de 2008 01:08

Amado em Cristo, Davi,
"Pois, irmão, tive grande alegria e conforto no teu amor, porquanto o coração dos santos tem sido reanimado por teu intermédio." (Filemon 1: 7)

Esse versículo resume muito bem meu coração depois de ler um artigo tão deleitoso.

Glórias sejam ao nosso Cristo.

No Amor e na Verdade que nos une,
Vini
(-V-)

Gê & Dé Nascas disse...
1 de agosto de 2008 14:51

A Graça e a Paz do nosso Senhor! Gostamos muito do seu blog, pois nos passa mensagens edificantes. Continue semeando a palavra do Senhor Jesus Cristo. Fique com Deus e se puder visite o nosso blog e comente.

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo