quarta-feira, 7 de maio de 2008

O Espírito Santo

Comente Aqui

Este artigo foi escrito por Lucas de Lima Gualda em agosto de 2003, para o Jornal O Caminho, um jornal evangelístico e discipulador, idealizado por André Aloísio e publicado de outubro de 2002 à novembro de 2003.

Vejamos o ensino bíblico a respeito do Espírito Santo:

O Espírito Santo é uma Pessoa, e não uma força ativa, como ensinam as Testemunhas de Jeová. A personalidade do Espírito Santo é bem clara nas Escrituras: Ele possui inteligência (João 16:13; Romanos 8:27; I Coríntios 2:10,11), vontade própria (I Coríntios 12:11), fala às igrejas (Apocalipse 2:7,11,17,29; 3:6,13,22), pode se entristecer (Efésios 4:30), intercede em favor dos crentes (Romanos 8:26,27) e proíbe (Atos 16:6), entre outras coisas.

O Espírito Santo é Deus. Ele é eterno (Hebreus 9:14), conhece todas as coisas (I Coríntios 2:10,11), se faz presente em todos os lugares (Salmos 139:7-10), assistia à Criação (Gênesis 1:1,2), é chamado de "o Senhor" (II Coríntios 3:17,18), torna o homem uma nova criatura (João 3:3-8) e por meio Dele somos salvos (Tito 3:5).

Obras do Espírito Santo: Ele convence o mundo do pecado, do que é justo e do julgamento de Deus (João 16:8-11), é o selo de que pertencemos a Deus (Efésios 1:13; 4:30), nos batiza de modo com que nos tornemos um só corpo, que é a Igreja de Jesus Cristo (I Coríntios 12:13), nos ensina toda a verdade (João 14:26; 16:13), testemunha a respeito de Cristo (I João 5:6-8), concede dons (I Coríntios 12:1,4) e habita no corpo dos crentes (I Coríntios 3:16; 6:19).

Responsabilidades do crente em relação ao Espírito Santo: fugir da imoralidade sexual, que é um pecado contra o templo do Espírito Santo (I Coríntios 6:18,19), não entristecê-lO (Efésios 4:30) e ser cheio Dele (Efésios 5:18).

Comentários

Nenhum comentário em "O Espírito Santo"

 

Teologia e Vida © Revolution Two Church theme by Brian Gardner
Converted into Blogger Template by Bloganol and modified by Filipe Melo